quinta-feira, 20 de maio de 2010

Não estamos em nenhuma subida. E nem em uma descida. Todos os comentários que comparam passado, presente e futuro são embotados de uma perspectiva ora nostálgica e pessimista, ora arrogante e pretensiosa.


--------------------------------------------------------------

O acaso também é capaz de espetáculos extraordinários. Apenas são raros, mas eles são possíveis.

---------------------------------------------------------------

É confesso que a idéia de recompensa post-mortem advém de uma esperança, que guarda em si a presunção de considerarmo-nos merecedores de algo, de algum prêmio, já que suportamos a vida tão amistosamente... A idéia de eternidade é conseqüência da nossa insatisfação para com a vida.

3 comentários:

EriK disse...

poxa, você sabe que percebo isso de modo diferente... para mim a idéia de eternidade fica presa à idéia da continuidade de si;... mas, pensando bem, são idéias bem similares; talvez eu esteja apenas as vertendo para a dimensão temporal...

DGorla disse...

ah, sim. mas a infinitude de si é uma esperança... esperança de se viver outra vida, depois dessa... sentir esperança já é o grande indício de que esta vida não satisfaz.

Gustavo disse...

Minha conclusão:

Esqueçamos os espíritos – um dia, nos convenceremos que a matéria é suficientemente animada.