quinta-feira, 27 de maio de 2010

Uma criança que acaba de começar a andar e quer correr. Balbucia monossílabos e acredita contar histórias detalhadas.

2 comentários:

gu disse...

muito boa !!
abs..!!

DGorla disse...

é, só que essa postagem vai no sentido oposto da postagem "percebo uma enorme discrepância entre nossa capacidade de correr e a lenta velocidade em que caminhamos"... Mas não considero os pontos de vista excludentes. Uma visão é antropológica, a outra psicológica... Abc, Gu.